• Portugues
  • English

Brasil teve 10% dos assassinados do mundo em 2012

Brasil registrou mais de 50 mil homicídios em 2012, o equivalente a 10% dos assassinatos cometidos em todo o mundo. De acordo com o Relatório Global sobre Homicídios 2013, realizado pelo Escritório das Nações Unidas sobre Drogas e Crime (UNODC), o Brasil integra o segundo grupo dos países mais violentos do mundo, com 25 homicídios para cada 100 mil habitantes. Ao todo foram cometidos 437 mil assassinatos em 2012.

Ainda nesse segundo grupo – dos que apresentam entre 20 e 30 mil homicídios por habitantes – estão México, a Nigéria e o Congo. No primeiro grupo, dos que mais registram homicídios –taxas acima de 30 mil para cada 100 mil habitantes – estão Colômbia, Venezuela, Guatemala e África do Sul.

O documento aponta ainda que a taxa de homicídio do Brasil se manteve estável em relação à pesquisa anterior, realizada em 2012. Entretanto, em alguns estados houve uma melhora. No Rio de Janeiro, por exemplo, houve queda de 29% e em São Paulo de 11%. Em alguns Estados do norte e nordeste a situação piorou consideravelmente, principalmente na Paraíba, que registrou um aumento de 150%, e na Bahia, que teve um crescimento de 75% nesse período.

Apesar de grande maioria das vítimas brasileiras desse tipo de crime serem do sexo masculino – cerca de 90% -, o relatório alerta para o alto índice de mulheres assassinadas pelos seus parceiros ou familiares. E o problema não ocorre apenas no Brasil – China, Coreia do Norte e o Japão são os campeões em violência doméstica. Por isso, a ONU pede que todos os países criem políticas para prevenir, investigar, denunciar e punir esse tipo de crime.

da equipe WBB